A Eletrobras confirmou a aprovação da incorporação de Furnas em comunicado ao mercado. Segundo a companhia, os acionistas aprovaram a incorporação da subsidiária por maioria após decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A incorporação de Furnas representa marco importante à reorganização societária da Eletrobras e simplificação de sua estrutura conforme previsto no Plano Estratégico”, diz a companhia.

A incorporação ocorrerá na data a ser definida pelo conselho de administração da Eletrobras após verificação das condições suspensivas, segundo a empresa. “A incorporação não acarretará aumento de capital, nem a emissão de novas ações pela Eletrobras e nem direito de recesso”.

Fonte: Valor Econômico